Zootecnista de Rondônia desenvolve aplicativo para facilitar a vida do produtor rural

A ferramenta, segundo a criadora, deve facilitar a comunicação e agilizar procedimentos rotineiros que não dependam da presença do técnico. [...]

06 de julho de 2018

Imagine um aplicativo que permita ao produtor rural cadastrar seus documentos e já marcar o horário com o técnico que o atenderá na Empresa Estadual de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater) do estado?! Em Rondônia isso já está em desenvolvimento. O projeto, concebido pela zootecnista Lílian Barbosa Lurde, extensionista da Emater de Ouro Preto do Oeste/RO, está previsto para ser lançado em dezembro deste ano e promete encurtar a distância entre a entidade e o produtor rural. Além de facilitar a comunicação, a ferramenta visa melhorar os procedimentos da relação do órgão de assistência com quem produz.

“Pelo aplicativo, o produtor poderá conferir a relação de documentos e providências que deverá adotar (inclusive alguns com preenchimento de formulários online) para obter e renovar licença para diversas atividades”, disse Barbosa. A zootecnista garante que, já versão inicial, haverá informações sobre linhas de crédito para o campo e requisitos para contratação. A ferramenta, segundo Barbosa, deve facilitar a comunicação e agilizar procedimentos rotineiros que não dependam da presença do técnico.

“A inovação desburocratiza a atuação do extensionista, permitindo que o tempo e a presença do técnico sejam investidos na orientação efetiva sobre práticas de manejo e outras atividades ligadas à produção no campo”, afirma.

A segunda etapa do projeto prevê ampliação operacional, de modo que seja possível coletar dados e gerar estimativas de produção no campo, de café, leite e peixes, contemplando informações detalhadas de praticamente todas as atividades rurais. A ideia é identificar a propriedade, tamanho da área e da pastagem, número de vacas leiteiras, data de inseminação, parição, produção, descarte, dados sobre piscicultura, cafeicultura e outras áreas da produção.

O desenvolvimento aplicativo está sendo financiado com recursos do Fundo de Investimento e Desenvolvimento Industrial do Estado de Rondônia (Fider), gerenciado pela Secretaria de Agricultura estadual.

Prêmio

O aplicativo conquistou o terceiro lugar na 4º edição do Prêmio Boas Ideias, realizada em 2017, uma iniciativa do Governo de Rondônia para valorizar os servidores públicos do quadro do Poder Executivo, reconhecendo práticas que tragam inovação na gestão pública.

Assessoria de Comunicação do CFMV, com informações da Emater/RO
e da Associação Brasileira de Zootecnistas

 

 

Send this to friend