Obras seguem cronograma da equipe fiscalizadora

Um desejo expresso por diversas gestões está tomando forma na Rua Aristides Novis, 21, sede oficial do Conselho Regional de Medicina Veterinária do Estado da Bahia (CRMV/BA). O prédio, adquirido em 1996, uma casa residencial adaptada, está se tornando um local planejado para atender médicos-veterinários, zootecnistas e empresas.
Como faz questão de assinalar o Presidente da Comissão de Fiscalização e Acompanhamento da Obra, e Vice-Presidente do Regional, médico-veterinário Lúcio Leopoldo Aragão da Silva, o projeto de engenharia e arquitetura foi elaborado há mais de dois anos, tendo se iniciado na gestão da presidente Ana Elisa Almeida.
“O projeto anterior era menor, mas solicitamos ajuda ao Conselho Federal de Medicina Veterinária (CFMV), e fomos atendidos: foi ampliado o espaço de utilização sendo praticamente uma nova sede, com preocupações, inclusive com acessibilidade”, conta Lúcio.
Avaliando os resultados obtidos até o momento, o presidente Altair Santana de Oliveira afirma que “este é um esforço do CRMV-BA para prestarmos bons serviços à sociedade, aos profissionais e as empresas, mas sobretudo também oferecendo um ambiente salubre, seguro e confortável aos nossos funcionários e colaboradores.”
Iniciada no dia 03 de agosto, a obra conta com 15 trabalhadores em atividade, sendo pedreiros, pintores, mestre-de-obras, engenheiro, entre outros.

Alvarás

Pelo tamanho do serviço, foram necessárias muitas consultas e solicitações de alvarás na prefeitura e corpo de bombeiros.
O vice-presidente relata os passos iniciais: primeiro foi feita a demolição e retirada de pisos e janelas. Depois se notou a necessidade de ajustes alterando a parte superior do terraço. Atualmente, “a obra está no cronograma adequado, locais como sanitários, estão em fase de acabamento”, relata.


Terminando isso, foi instalada a rede elétrica e hidráulica para colocar o forro, tudo seguido de perto pela equipe de fiscalização do Regional.
Otimista quando à finalização, Lúcio Leopoldo diz que se trata de “um projeto harmonioso, que proporciona interação com usuários, colaboradores e empresas. Não é meramente estético, é funcional para bem atender à classe médica-veterinária e zootécnica”.
Já está em andamento a segunda etapa: o mobiliário. A preocupação é que o mesmo atenda às normas de ergonomia e bem-estar dos servidores e dos profissionais.
Pelo cronograma, a entrega do prédio deve ser feita até o dia 03 de fevereiro, mas o desejo dos envolvidos com os serviços, é entrar 2021 de casa nova. Para Altair Oliveira “O CRMV-BA será motivo de orgulho para todos nós”.

Prodes

Parte dos recursos foi obtida com a assinatura de um Termo de Convênio entre o Regional baiano e o Conselho Federal de Medicina Veterinária (CFMV), através do Programa de Desenvolvimento para Conselhos Regionais de Medicina Veterinária (Prodes), que visa apoiar projetos dos Regionais voltados para fiscalização, infraestrutura, inovação e transparência, ou ações de fortalecimento estratégico-coletivo. No caso baiano, o CFMV está ajudando com metade do valor da reforma do prédio e com 80% do valor da renovação dos móveis, lembra o presidente.
O Conselho da Bahia conseguiu emplacar o pedido encaminhando um projeto que se tornou modelo no Sistema e já foi usado por diversos outros Regionais.
Enquanto isso, o Regional está funcionando na mesma rua, no número 13, em um prédio provisório e atende profissionais e empresas por telefone, e-mail ou mesmo presencialmente com hora marcada, diretamente no ramal ou e-mail de cada setor (veja na imagem abaixo).

 

One thought on “Sede do CRMV/BA passa por ampla reforma para atender à população

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *