Médico veterinário militar fala da experiência no Haiti como boina azul da ONU

Evento reuniu cerca de 130 pessoas interessadas em saber mais sobre a Missão de Paz no Haiti [...]

 

O Tenente Coronel do Exército Brasileiro,  José Roberto Pinho de Andrade Lima, compartilhou sua vivência como médico veterinário militar na Missão de Paz da ONU no Haiti que foi encerrada em outubro de 2017.

A palestra foi no dia 10 de novembro e teve o título “Haiti um caso de sucesso” .

Essa conferência  fez parte de um Painel organizado pela Escola de Formação Complementar do Exército (EsFCEx), tendo o  apoio do Comando de Operações Terrestres (COTER),  com a finalidade de divulgar a  experiência positiva das Forças Armadas Brasileiras nos 13 anos que durou a missão  no Haiti.

Na plateia,  cerca de  130 militares e alunos da UNIJORGE e UNIFACS puderam escutar o relato em primeira pessoa do  Tenente Coronel,  que empregou  seus conhecimentos como médico veterinário para cuidar da saúde da tropa, zelando pela qualidade da água, da alimentação e condições sanitárias.

O militar baiano foi o  primeiro médico veterinário no contingente brasileiro ali nas Antilhas, e implantou Projeto de Impacto Rápido (QIP) financiado pela ONU para produção de mudas de árvores para reflorestamento do Haiti e compensar o carbono lançado na atmosfera pelo Batalhão Brasileiro. A iniciativa inovadora  foi premiada pelo MMA em 2012.  Além de médico veterinário, ele tem doutorado em Saúde Pública.

100 anos da Medicina Veterinária Militar

 

Comemorando o centenário da Medicina Veterinária Militar, o Tenente Coronel cedeu um banner sobre o assunto. O painel está exposto no hall de entrada do CRMV/BA.

 

Ascom CRMV/BA 13 de novembro de 2017

  • As fotos da evento foram cedidas pelo Ten.Cel. José Roberto.

 

 

Send this to friend