Graduação em Zootecnia da Ufba está entre as dez melhores do país

Curso é o único do Norte, Nordeste e Centro-Oeste a aparecer no Ranking Universitário da Folha de S.Paulo [...]

Um dos mais novos do país, com apenas dez anos de criação, o curso de graduação em Zootecnia da Universidade Federal da Bahia (Ufba) está entre os dez melhores do Brasil, segundo levantamento do Ranking Universitário Folha (RUF), da Folha de S.Paulo.

Divulgado na segunda-feira (7), o levantamento avaliou 87 instituições que oferecem cursos de Zootecnia no país e a universidade baiana aparece em nono lugar no ranking. É o único do Norte, Nordeste e Centro-Oeste a aparecer entre os 10 melhores no levantamento.

Para Gregório Camargo, zootecnista e coordenador do curso de zootecnia da Ufba, o índice alcançado está diretamente ligado ao engajamento dos docentes e alunos e a avaliação feita pela sociedade sobre o profissional formado pela universidade. “Esses foram itens avaliados na pesquisa e acreditamos que o engajamento e qualificação dos nossos docentes, que são todos doutores e de dedicação exclusiva, contribuíram para essa avaliação tão positiva”, avalia.

Segundo o censo do Ensino Superior lançado em 2018, a Zootecnia apareceu pela primeira vez entre as 40 profissões mais procuradas do país. Para o coordenador, essa alta procura se justifica porque a agropecuária corresponde a cerca de um terço do PIB do País. “Isso significa que estamos abrindo vagas para zootecnistas, agrônomos e médico-veterinário”, pontua.

Criado em 2009, o curso de Zootecnia da Ufba é um dos mais novos do Brasil e o único na Bahia a ser oferecido na capital. “O nosso curso é uma graduação em ciências agrárias ofertada em uma grande cidade, o que é muito incomum, mas com a agropecuária em ascensão, Salvador e as cidades circunvizinhas estão tendo demandas e os interessados não precisam se deslocar para o interior para ter acesso a uma boa formação em zootecnia”, finaliza.

A graduação em zootecnia dura em média cinco anos, e os estudantes são preparados para atuar em áreas específicas, nos campos do desenvolvimento, promoção, preservação e controle de produção animal, aliando esses conhecimentos também à conservação dos recursos naturais. Após a formação, o zootecnista pode atuar em todos os setores da produção animal desde a nutrição, melhoramento genético e reprodução, sendo um dos responsáveis por desenvolver pesquisas em instituições públicas ou privadas para o desenvolvimento do ensino e extensão rural.

Enquetes

O que você achou do novo boletim do CRMV-BA?

  • Gostei. Está mais dinâmico e atrativo (43%, 17 Votos)
  • Gostei, mas ainda pode melhorar (33%, 13 Votos)
  • Não gostei (15%, 6 Votos)
  • Por mim tanto faz. Não leio mesmo (10%, 4 Votos)

Total de Participantes:: 40

Carregando ... Carregando ...

INFORMATIVO

Cadastre-se para receber notícias do CRMV-BA.

Send this to friend