Encontro realizado com apoio do CRMV/BA em Salvador debate manejo, alimentação e bem-estar de Equídeos

Evento reuniu zootecnistas, médicos-veterinários e estudantes na UFBA [...]

Realizado nos 28 e 29 de junho de 2019, o I Encontro Baiano de Equideocultura foi aberto com a presença do Vice-Presidente do Conselho Regional de Medicina Veterinária do Estado da Bahia (CRMV/BA), médico-veterinário Lúcio Leopoldo Aragão da Silva e o Diretor da Escola de Medicina Veterinária e Zootecnia (EMEVZ) da Universidade Federal da Bahia (Ufba), professor Antônio Lisboa.

Organizado pelo Núcleo de Estudos, Extensão e Pesquisa em Equídeos (NEEPEq) da Ufba, coordenado pela professora Chiara Albano, o encontro teve o apoio do CRMV/BA, da EMEVZ-Ufba e do Esquadrão de Cavalaria da Polícia Militar da Bahia.

Com multiplicidade de temas, foram realizadas palestras pelas professoras da Ufba Camila Duarte, Clarisse Coelho e Chiara Albano e os médicos-veterinários Frederico Augusto Mazzocca e Laura Pereira Pinseta, o treinador e domador de cavalos Anderson Gola e a  zootecnista Jamile Alves. Eles falaram sobre manejo de alimentação e pastagens, doenças nutricionais e metabólicas em equídeos e avaliação de cavalos atletas com enfoque no bem-estar e legislação, entre outros assuntos.

Encerrando o primeiro dia, foi realizada uma mesa redonda sobre os “ Riscos sanitários da cadeia de abate de asininos no Nordeste”. Foram convidados representantes de entidades governamentais e ongs. Tomaram assento à mesa o médico-veterinário Davi Correia Freitas, Fiscal Estadual Agropecuário e Coordenador Estadual do Programa de Sanidade dos Equídeos da Agência de Defesa Agropecuária da Bahia (Adab); Yuri Fernandes Lima, Advogado da Frente Nacional em defesa pelos jumentos; Frederico Augusto Mazzocca, médico-veterinário, membro da Força Nacional pelos jumentos que está à frente dos cuidados veterinários da tropa de jumentos em Canudos; e a médica veterinária bem-estarista Laura Pereira Pinseta. O debate foi conduzido pela professora doutora Chiara Albano.

No segundo dia do encontro foram realizados mini-cursos práticos de morfologia, doma e equitação em outros pontos da cidade.

Terceiro maior rebanho

Entre os ouvintes, estavam o conselheiro e ex-presidente do CRMV/BA, Carlos Humberto Almeida de Ribeiro Filho e Manuela Solcá, ambos professores da Ufba. Solcá é membro da Comissão Estadual de Ética, Bioética e Bem-Estar Animal (COMEEBB) do CRMV/BA.

Para a professora Chiara Oliveira, que também é membro da COMEEBB, o evento teve sucesso por reunir pessoas envolvidas na equideocultura e “também no propósito de informar à comunidade acadêmica e à sociedade sobre as consequências do abate [de jumentos] na Bahia pela falta de uma cadeia produtiva organizada, o que pode levar à extinção dos jumentos”.

Para Lúcio Leopoldo, uma das consequências do encontro é a “qualificação profissional”. Ele ressalta “a importância do tema para a atividade econômica do estado, que tem o terceiro maior rebanho de equídeos do país.

Ascom CRMV/BA, com informações do site A Rota do Jumento.

Fotos: ASCOM CRMV/BA e Coordenação do Evento

Enquetes

O que você achou do novo boletim do CRMV-BA?

  • Gostei. Está mais dinâmico e atrativo (43%, 17 Votos)
  • Gostei, mas ainda pode melhorar (33%, 13 Votos)
  • Não gostei (15%, 6 Votos)
  • Por mim tanto faz. Não leio mesmo (10%, 4 Votos)

Total de Participantes:: 40

Carregando ... Carregando ...

INFORMATIVO

Cadastre-se para receber notícias do CRMV-BA.

Send this to friend