O código de ética é um instrumento normativo referencial para o exercício profissional. É neste documento que conhecemos os nossos direitos e deveres profissionais em uniformidade de comportamento, a partir de uma conduta exemplar. Seu texto é definido por resolução do CFMV, após aprovação de sua plenária e pode passar por atualizações. Todos os profissionais têm o dever de conhecer e seguir o código profissional da Medicina Veterinária para sua proteção e para a prestação de um serviço de excelência à sociedade.

Na Medicina Veterinária, o instrumento traz o juramento profissional e seus capítulos dividem-se no detalhamento dos princípios fundamentais da profissão, deveres profissionais, direito dos médicos-veterinários; comportamento profissional, responsabilidade profissional e relação com os colegas e honorários profissionais. Traz também normas para interatividade, especificando características da relação com o cidadão consumidor de seus serviços; a relações com o animal e meio ambiente e a relação com a justiça. Por fim, detalha as infrações, penalidades e suas aplicações.

Pensando nas mudanças que a Medicina Veterinária e o mundo passaram nos últimos anos, o CFMV, após um trabalho de construção conjunta com os Conselhos Regionais de Medicina Veterinária (CRMVs), aprovou no final de 2016 uma nova versão do Código de Ética do Médico-Veterinário com a  Resolução CFMV nº 1138, publicada no Diário Oficial da União em 25/01/2016, que entrou em vigor no dia 9 de setembro de 2017, Dia do Médico-Veterinário. Confira um resumo das alterações.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *